Pular para o conteúdo

AUMENTO DO SALÁRIO MÍNIMO IMPACTARÁ OS BENEFÍCIOS DO INSS

 Atualmente, o salário mínimo equivale a R$1.100, e estima-se um aumento de 7% para o próximo ano, para manter o poder de compra à frente da inflação.

 

    Seria este o maior aumento do salário mínimo em 6 anos, que passaria a ser R$1.177, mas esse não significa um ganho real, visto que os produtos do supermercado também sobem de valor diante da inflação.

 

     Tendo isso em vista, vale lembrar que o INSS não pode manter nenhum de seus pagamentos inferiores a um salário mínimo, ou seja, todos os beneficiários do INSS teriam esse aumento de 7% em seus respectivos auxílios, pensões, aposentadorias, etc.

Quem ainda teria direito a esse aumento de 7% são os beneficiários que recebem RPV (Requisições de Pequeno Valor), que são seus pagamentos atrasados feitos em até 60 vezes pela Previdência Social, e somando esse valor, seus recebedores obterão o total de R$70.620 com o aumento do salário mínimo.

 

   Os recebedores do BPC/LOAS, realizadores do Recolhimento do INSS e seguro-desempregados também serão beneficiados com o aumento do salário mínimo.

 

    E ainda, quem trabalha formalmente de carteira assinada, obterá um aumento no PIS no próximo ano, podendo receber o valor de até R$1.177.

 

    O que é necessário para receber o PIS/Pasep em 2022:

  • Cadastro no PIS por pelo menos 5 anos;

  • Remuneração de até dois salários mínimos em 2020;

  • Ter realizado atividade remunerada para Pessoa Jurídica por 30 dias em 2020;

  • Estar com os dados corretos na RAIS (Relação Anual de Informações Sociais);



Está querendo fazer um Empréstimo Consignado de confiança? CLIQUE AQUI

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.